contador gratuito

 Entre 645 municípios apenas 102 aderiram ao feriado no dia 20 de novembro. Dia da consciência negra.-

Aguai-- Águas Da Prata-- Águas De São Pedro-- Altinópolis-- Americana-- Americo Brasiliense-- Amparo-- Aparecida-- Araçatuba-- Aracoiaba da Serra-- Araraquara-- Araras-- Bananal-- Barretos-- Barueri-- Bofete-- Borborema-- Buritama-- Cabreuva-- Cajeira-- Cajobi-- Campinas-- Campos do Jordão-- Canas-- Capivari-- Caraguatatuba-- Carapicuíba-- Charqueada-- Chavantes-- Cordeirópolis-- Cruz das Almas-- Diadema-- Embu-- Embu Das Artes-- Estância De Atibaia-- Florida Paulista-- Franca-- Franco Da Rocha-- Francisco Morato-- Franco da Rocha-- Getulina-- Guaira-- Guarujá-- Guarulhos-- Hortolândia-- Ilhabela-- Itanhaem- Itapecerica da Serra-- Itapeva-- Itapevi-- Itararé-- Itatiba-- Itu-- Ituverava-- Jaguariuna-- Jambeiro-- Jandira-- Jarinu-- Jaú-- Jundiaí-- Juquitiba-- Lajes-- Leme-- Limeira-- Mauá-- Mococa-- Paraiso-- Paulo de Faria-- Pedreira-- Pedro de Toledo--- Pereira Barreto-- Peruíbe-- --Piracicaba-- Pirapora do Bom Jesus-- Porto Feliz-- Ribeirão Pires-- Rincão-- Rio Claro-- Rio Grande Da -serra-- Salesópolis-- Salto-- Santa Albertina-- Santa Isabel-- Santa Rosa de Viterbo-- Santo André-- Santos-- São Bernardo do Campo-- São Caetano do Sul-- São João Da Boa Vista-- São Paulo-- São Vicente-- Sete Barras-- Sorocaba-- Sumaré-- Suzano-- Votorantim.


"PEC Emergencial deve ter redução de jornada e salário de servidores"

"O governo de Jair Bolsonaro (PSL) deve apresentar ainda nesta semana, provavelmente na terça (5), um conjunto de propostas para dar continuidade à agenda reformista após as alterações na Previdência. Além da reforma administrativa, da facilitação de privatizações e de uma maior flexibilidade no orçamento, a equipe do ministro Paulo Guedes também preparou uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) emergencial, que prevê medidas de ajuste antes do descumprimento do teto de gastos.

De acordo com o jornal "O Estado de S. Paulo", a previsão é de que, depois de aprovada, a chamada "PEC Emergencial" permita uma economia de R$ 24,78 bilhões apenas no primeiro ano de vigência. Do montante, R$ 7 bilhões viriam da redução temporária na jornada de trabalho e no salário dos servidores públicos. As medidas teriam duração de dois anos.

No fim de semana, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que fará uma visita ao Congresso nesta terça para entregar os textos das reformas. Ainda segundo o "Estadão", a PEC Emergencial deve ser encaminhada ao Senado. Na Câmara dos Deputados, já tramita uma proposta com medidas de contenção de gastos em caso de aperto fiscal. Esse texto chegou a ter o apoio do ministro da Economia, Paulo Guedes, que, no entanto, agora optou por um projeto próprio."

Copyright © 2019, Gazeta do Povo. Todos os direitos reservados.