Milhares de pessoas tomam as ruas do país nesse dia 22 de março em defesa da Previdência.

Manifestações foram organizadas por dez centrais sindicais 


No dia nacional de Luta em defesa da Previdência, manifestações ao redor do país reuniram milhares de pessoas durante toda a sexta-feira (22).

Os atos foram organizados por dez centrais sindicais e são uma resposta à Proposta de Emenda Constitucional (PEC) nº 6/2019, enviada em janeiro ao Congresso Nacional pelo governo Jair Bolsonaro (PSL). Sindicalistas e ativistas querem barrar o avanço da PEC e criar força social para uma greve geral nos próximos meses.

A PEC uma "covardia", principalmente, para nova geração que vai ter que começar a trabalhar cada vez mais cedo em prejuízo dos estudos. A tendência é a gente fazer com que os jovens ingressem cada vez mais cedo no mercado de trabalho, sem estimular uma formação mais especializada, sem estimular o estudo.

Uma paralisação de motoristas e cobradores afeta a circulação de ônibus em São Paulo na manhã desta sexta-feira. Terminais e pontos estão lotados após os veículos não saírem nos horários de rotina das garagens das empresas.

A paralisação atingiu a Vip Transportes Urbanos na Zona Leste, a Viação Campo Belo e a Viação MobiBrasil na Zona Sul, e a Viação Sambaíba na Zona Norte.

Segundo o Sindicato da categoria, sindicalistas foram para as garagens conversar com os trabalhadores sobre a Reforma da Previdência e sobre a campanha salarial de 2019.

De acordo com a São Paulo Transportes (SPTrans), todos os ônibus já deixaram as garagens e às 5h46 toda a frota já estava nas ruas. No entanto, a normalização do sistema é gradativa e os passageiros sofrem com os reflexos dessa paralisação.

Mulheres ganham menos que homens, são a maioria dos desempregados, trabalham sem carteira assinada, e além disso trabalham mais horas por semana.

De manhã

Vários atos começaram já pela manhã. Em Salvador (BA), cerca de 10 mil manifestante saíram em passeata contra a destruição da previdência brasileira. Em Curitiba (PR), a manifestação começou às 9 horas da manhã. Já em Goiânia (GO), logo cedo uma carreata ocupou o estacionamento do Estádio Serra Dourada e seguiu para BR-153.

Além das capitais, centenas de municípios do interior tiveram atos contra a reforma da Previdência.


O Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe) é o plano de saúde do servidor que oferece atendimento médico local em 175 municípios. Sua rede própria e local é formada por postos de atendimento, hospitais, clínicas de fisioterapia, laboratórios de análises clínicas e de imagem, além de médicos que atendem em consultórios e clínicas particulares. 

NOVO SUPERINTENDENTE DO DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RODAGEM

SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TRANSPORTES
Decreto de 11-1-2019
Nomeando, nos termos do inc. I do art. 20 da LC 180-78, o

abaixo indicado para exercer, em comissão e em Jornada Completa de Trabalho, de prestação de 40 horas semanais, o cargo a seguir relacionado do Quadro do Departamento de Estradas
de Rodagem - D.E.R., da EV-C a que se a LC 1.080-2008, do SQC-I-QDER:
Departamento de Estradas de Rodagem - Superintendência:
Superintendente: Paulo César Tagliavini, RG 6.247.101, vago
em decorrência da exoneração, a pedido, de Raphael do Amaral
Campos Júnior, RG 4.541.124-4.