SUA SAÚDE

23/07/2019

Cuidados com a saúde do trabalhador geram benefícios para empresas e funcionários. Existe a importância do bem estar do funcionário para o aumento da produtividade e investido em programas especializados para a promoção e prevenção da saúde.

Ao ser contratado para trabalhar em uma empresa, o funcionário passa pelo chamado Médico do Trabalho. Trata-se de uma consulta para a avaliação da saúde de acordo com os pré-requisitos do cargo a ser ocupado. O mesmo acontece quando há rescisão de contrato. Esse procedimento é uma obrigatoriedade que o Ministério do Trabalho impôs a todas as empresas, visando observar e resguardar a qualidade de vida dos trabalhadores.

A prevenção de danos é focada em evitar que aspectos do trabalho interfiram na saúde dos funcionários. Os empregados, especialmente aqueles que trabalham em condições perigosas, como radiação, substâncias químicas, agrotóxicos, fumaças e poeiras intensas, ruído elevado, carregamento de peso etc, são avaliados periodicamente para monitorar os riscos a que estão expostos. "Isso possibilita a intervenção da empresa antes que ocorra alguma doença. Como exemplo, estão os técnicos de radiologia, que são examinados semestralmente para avaliar a dose de radiação a que foram expostos e exames de sangue para diagnosticar precocemente qualquer alteração na saúde".

 A promoção e prevenção da saúde atua na qualidade de vida dos funcionários com ações simples como o desenvolvimento de programas para alimentação saudável, exercícios físicos regulares, prevenção de hipertensão, diabetes e obesidade, programas de saúde mental, alívio do estresse e cansaço etc. 

"outro exemplo, realização de programa Saúde em Foco, para que os funcionários acima do peso e, muitas vezes, com doenças como hipertensão e diabetes, façam acompanhamento com nutricionista nas dependências da empresa, durante o horário de trabalho. Com essas ações, educamos o empregado para buscar sempre uma qualidade de vida. É muito importante que a empresa se preocupe com a saúde do funcionário dentro e também fora do ambiente de trabalho".

Algumas ações simples são capazes de trazer ótimos resultados na prevenção de doenças e acidentes.

Cuidar da infraestrutura do ambiente

A infraestrutura do ambiente de trabalho é fundamental para diminuir os riscos de acidentes e as chances de desenvolvimento de doenças ocupacionais. Por isso, faça a manutenção do local, dos equipamentos e dos mobiliários com frequência, assegurando-se que tudo está de acordo com as regras e as condições de ergonomia necessárias.

Assistir palestras de prevenção a doenças e riscos

De nada adianta oferecer a infraestrutura e os equipamentos adequados se seus colaboradores não receberem a orientação correta.

Por isso, observe e invista treinamentos sobre ergonomia, uso de equipamentos de segurança, tempo de pausas, além de abordar temas como alimentação saudável e formas de evitar o estresse e a sobrecarga, por exemplo.

Fiscalizar o uso de proteções e equipamentos de segurança

Além de  se orientar sobre a obrigatoriedade e o uso corretos de proteções e equipamentos de segurança, é preciso reservar um tempo para  observar se realmente está utilizando e de maneira adequada. Dessa forma, você se protege de possíveis acidentes.

Respeitar a carga horária de trabalho

O excesso de horas extras pode ser muito prejudicial à saúde do colaborador, que não tem o seu tempo de descanso respeitado e acaba perdendo momentos de tranquilidade e lazer fora do trabalho, além de trabalhar com menos atenção, o que pode resultar em acidentes. Por isso, procure respeitar o máximo possível a carga horária. Respeite seu direito!