CORONAVIRUS

12/03/2020

Faculdades e escolas particulares suspendem eventos após casos confirmados do coronavírus em SP

No estado de São Paulo, 263 casos são suspeitos e 320 foram descartados. ESPM suspendeu todos os eventos com mais de 50 pessoas. Colégio Vera Cruz suspendeu aulas de duas turmas porque pai de alunos tesou positivo para coronavírus.

Faculdades e escolas de São Paulo suspenderam eventos que promovam encontros de grande número de pessoas após as recentes confirmações 30 casos do novo coronavírus na capital paulista.

A ESPM suspendeu todos os eventos com mais de 50 pessoas -- como palestras e seminários -- por causa do coronavírus. Nenhum caso foi confirmado na faculdade. O Colégio Vera Cruz suspendeu as aulas de duas turmas até a sexta-feira porque o pai de dois alunos contraiu coronavírus. Os alunos estão em quarentena em casa.

Dois alunos da PUC-SP tiveram diagnóstico confirmado de coronavírus. No curso de direito havia dois suspeitos. Um foi descartado. O outro ainda está em análise. A reitoria se reuniu para decidir que providências tomar.

A Universidade de São Paulo (USP) anunciou nesta quarta-feira a suspensão das aulas do curso de Geografia, na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH), após um aluno comunicar que testou positivo para o coronavírus.

De acordo com a USP, a suspensão das atividades no Departamento de Geografia é pontual e não afeta outros cursos da FFLCH. A reitoria da universidade se reúne nesta quarta para definir com a Superintendência de Saúde da Cidade Universitária um protocolo de ação para casos da doença no campus.

Os alunos da Geografia foram informados da suspensão das aulas por meio de comunicado oficial emitido pela chefia do departamento.

Em nota, a FFLCH declarou que manterá as aulas e demais atividades nos outros cursos até que as autoridades estaduais de saúde se manifestem sobre o assunto.

O Ministério da Saúde afirmou nesta quarta-feira (11) que São Paulo tem 30 casos confirmados do novo coronavírus. Nesta terça-feira (10), o número de casos confirmados no estado era de 19.

O número de casos confirmados no Brasil também teve um salto, somando agora 52 diagnósticos confirmados da doença. No Estado de São Paulo, 302 casos são suspeitos e 289 foram descartados.

--:--/--:--