TERCEIRO ACIDENTE GRAVE COM ÔNIBUS DA REUNIDAS DEIXA 39 FERIDOS NO RIO GRANDE DO SUL

postado dia 7/2/2015 

Mais um acidente grave com ônibus da Reunidas, desta vez ocorreu no início da madrugada na ERS 343, Km 48 na comunidade de São Jorge entre Sananduva(RS) e Cacique Doble (RS). O coletivo trafegava no sentido Sananduva/Cacique Doble, por motivos desconhecidos até o momento, saiu da pista vindo a capotar próximo a uma lavoura de soja. De acordo com a lista de passageiros e informações da Policia Rodoviária Estadual de Coxilha, o ônibus transportava 42 passageiros, sendo duas crianças. Segundo informou o Grupo Rodoviário da Brigada Militar de Coxilha, que atendeu ao chamado do acidente, 39 pessoas ficaram feridas. O Hospital São João, de Sananduva, informou ter recebido 34 feridos, e outros cinco foram encaminhados para o Hospital São José, em São José do Ouro.

Duas mulheres que estão em estado grave devido ao acidente desta madrugada foram transferidas de Sananduva para o Hospital São Vicente de Paulo, de Passo Fundo. No começo da manhã, Marlise Rosicler Strehl, 60 anos, e Nair Hunhopf, 57, estavam passando por exames para avaliar os procedimentos cirúrgicos que seriam necessários.Uma delas teve uma fratura na coluna cervical e outra quebrou o fêmur e a mandíbula.

As informações com relação a linha são desencontradas. Há duas versões, a primeira que fazia a linha  Santa Rosa(RS)-Joinville(SC), que consta como autorizada pela ANTT- Agência Nacional de Transportes Terrestres,  a segunda versão, publicada há pouco por alguns jornais gaúchos, é de que na realidade fazia a rota entre Carazinho (RS) e Itapema (SC), que não consta como linha regular autorizada. O motorista do ônibus identificado como Pedro Valdoir Ribeiro. por motivos desconhecidos não permaneceu no local do acidente e foi apurado que o mesmo reside em São José do Ouro.

De acordo com informações da PRE, com base no registro do tacógrafo no momento do acidente o ônibus estava com velocidade acima da permitida para o local. Não foi apurado ainda há quantas horas o motorista dirigia nem qual a jornada que enfrentou nos últimos dias. As viagens interestaduais são de responsabilidade da ANTT que até o momento não se manifestou sobre o acidente.

No dia 11 de janeiro outro ônibus da empresa esteve envolvido em acidente grave na BR-282 em que morreram 9 passageiros no local. Na ocasião a ANTT informou que o ônibus envolvido no acidente em Alfredo Wagner, na Serra catarinense, não tinha autorização para fazer o percurso na BR-282, no trecho onde houve a queda da ribanceira.

Em 25 de janeiro ocorreu outro acidente com ônibus da empresa Pin Turismo, fretado pela Reunidas para fazer a linha Florianópolis/Chapecó. Na ocasião o ônibus chocou-se com a traseira de um caminhão que viajava no sentido contrário. Uma das versões é que o caminhão que forçou uma ultrapassagem e o motorista não conseguiu desviar da traseira do caminhão, ao colidir o motorista desmaiou e um jovem de 17 anos, vendo a situação, assumiu o veículo e conseguiu evitar o tombamento. O motorista foi o único ferido mas estava confuso e não sabia dizer o que tinha acontecido.  Neste caso a linha é responsabilidade do DETER -Departamento de Transportes e Terminais de Santa Catarina. Na ocasião não foi apurado se uma empresa pode fretar ônibus de terceiros para viagens regulares.