Superintendente do DER Armando Costa Ferreira, Presidente Claudinei Manea e Secretário Geral Paulo Braga.

Superintendente do DER Armando Costa Ferreira, Presidente Claudinei Manea e Secretário Geral Paulo Braga.
 
 
18 de março de 2015
O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos do Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de São Paulo foi convidado para reunião com o superintendente Armando Costa Ferreira.

ASSUNTOS:
REORGANIZAÇÃO DO DER.

Superintendente do DER  comentou que "se o DER, não tiver uma grande mudança em sua estrutura esta fadado a fechar suas portas em quatro anos." Comentou ainda sobre a estrutura funcional,  com mais de quarenta anos obsoleta e atrasada imobiliza qualquer administração que esteja a frente do orgão.

REDUÇÃO DOS 15% DA FOLHA DE PAGAMENTO.

Conforme disse o superintendente desde o dia de sua posse, esta foi a medida  que mais o deixou chateado, sabendo que a decisão iria afetar diretamente no bolso do servidor que tanto colaborou para a manutenção do DER, até hoje.
Questionado sobre a medida de redução de gasto da folha; ele não quis nos informar, mas,  adiantou que  enviou para a Secretaria uma redução de 
corte na folha de 11% . Que não agradou o Secretario Adjunto que quer mais corte. Então deixou protocolado o levantamento que o DER fez. E está esperando a análise e aprovação da Secretaria, é ela que  vai  avaliar aceitando ou não a proposta do DER, por isso não foi possível obter informações com maiores detalhes.

VALE REFEIÇÃO:
Ficou garantido a manutenção do contrato e o pagamento do vale refeição.
BÔNUS:
Sobre o bônus o DER, vem fazendo reserva de verba para seu pagamento.
INSALUBRIDADE:
Comentou que por noventa dias ele consegue segurar, depois terá que buscar um outro caminho para resolver este assunto.
TERCEIRIZADOS NA SEDE E NAS REGIONAIS:
O superintendente  do DER,  ainda não tomou conhecimento de tudo que se passa no órgão mais sabe da existência de trabalhadores terceirizados, e que terá que tomar uma atitude, até porque é uma cobrança do Ministério Publico Estadual.