Protesto de caminhoneiros mantém interdições em várias rodovias do PR

23/02/2015 07h49 - Atualizado em 23/02/2015 09h53

Até as 9h desta segunda-feira (23), 13 rodovias permaneciam fechadas. 

Categoria reclama dos seguidos aumentos dos combustíveis, entre outros.

Do G1 PR

Dez rodovias estaduais e três federais do Paraná ainda permaneciam interditadas por causa dos protestos de caminhoneiros até as 9h desta segunda-feira (23). Nas estaduais, são 16 trechos fechados (veja abaixo a lista). Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), os trechos são importantes porque fazem ligação com cidades grandes como Cascavel, Curitiba e Guarapuava. Nas federais, são quatro os pontos de bloqueio e estão concentrados, em sua maioria, nas cidades do sudoeste do estado (veja abaixo a lista).

No entanto, as filas não passam de um quilômetro, conforme os policiais.  Apenas os caminhões estão sendo proibidos de passar e os demais veículos, como carros de passeio e de emergência, circulam normalmente pelas rodovias. Não há previsão para a liberação das interdições, segundo a polícia. Mais cedo, as polícias rodoviárias haviam contabilizado 15 estradas bloqueadas.

Os caminhoneiros realizam manifestações no estado desde o dia 13 de fevereiro e já interditaram diversos trechos em todo o estado. Também há protestos em outras partes do Brasil.

A categoria reclama dos seguidos aumentos dos combustíveis, dos tributos sobre o transporte, como o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), e do alto preço do pedágio no Paraná.

Eles pedem ainda melhorias nas estradas e a criação de uma tabela com preços fixos a serem cobrados pelo frete por quilômetro rodado, não mais por viagem.

No início da manhã desta segunda, dezenas de motoristas faziam filas para abastecer em postos de Francisco Beltrão, no sudoeste. Como as cargas não conseguem chegar aos postos, os combustíveis estão acabando.

As rodovias estaduais interditadas são: PR-471, km 22, em Nova Prata do Iguaçu; PRC-280, km 255, em Marmeleiro, km 194, em Mariópolis, e km 170, em Clevelândia; PR-281, kms 535 e 540, em Dois Vizinhos; PR-483, km 001, em Francisco Beltrão; PR-566, km 012, em Itapejara do Oeste; PR-493, km 030, em Itapejara do Oeste; PR-466, kms 179 e 180, em Pitanga, e kms 091 e 100, em Jardim Alegre; PR-487, km 295, em Manoel Ribas; PR-158, km 582, em Vitorino, e PR-182, km 459, em Realeza.

As estradas federais são: BR-163, km 32, em Pérola do Oeste, e km 64, em Santo Antônio do Sudoeste; BR-369, km 178, em Arapongas, e BR-376, km 245, em Apucarana.

A PR-495, em Missal, e a BR-277, em Medianeira, foram totalmente liberadas por volta das 9h.