PROJETO DA RODOVIA TRANSPORTUÁRIA É DEBATIDO NA PREFEITURA DE MACAÉ, RJ

28/08/2014 11h14 - Atualizado em 28/08/2014 11h14

Nova estrada ligará a RJ-106 e á BR-101

Projeto faz parte de arco viário que irá integrar as regiões norte e sul.

Representes da prefeitura e da empresa responsável se reuniram em Macaé (Foto: Divulgação)Representes da prefeitura e da empresa responsável se reuniram em Macaé (Foto: Divulgação)

 

 

O projeto para início da construção da nova Rodovia Transportuária, em Macaé, no interior do Rio, começou a tomar forma nesta semana. Uma reunião entre membros do governo municipal e da empresa responsável pelas obras mostrou detalhes do empreendimento que será implantado nas proximidades do entroncamento da RJ-168 com a BR-101, local que, futuramente, fará parte do grande arco viário que pretende integrar as regiões Norte e Sul de Macaé.

O encontro teve como objetivo apresentar e discutir diretrizes do projeto base de um trecho inicial da Transportuária de, aproximadamente, 4,5 km, com construção das pistas, asfaltamento, sinalização e iluminação, entre outros benefícios. Este projeto já foi apresentado ao prefeito, Dr. Aluízio, e aos secretários de governo na última semana.

Outros benefícios, além do projeto da construção dos 4,5 km iniciais da Transportuária, também foram alinhados com os representantes da empresa, como a entrega do projeto básico da continuação da rodovia até a chegada ao local em que será instalado o Terminal Portuário de Macaé (Terpor).

"Trata-se de um interesse nosso também, pois estamos contribuindo para construir Macaé para o futuro. Temos que pensar em uma cidade que seja capaz de receber todas as demandas futuras e estamos fazendo com esta parceria", afirmou Fabiano Santos Crespo, representante da Agrivale Incorporação e Construção S.A.

A Rodovia Transportuária é uma nova estrada que ligará a RJ-106, no trecho de São José do Barreto, à RJ-168 e à BR-101. A via é um dos eixos que farão parte do Arco Viário, que inclui ainda Santa Teresa, que ligará a RJ-168 ao Parque de Tubos. Assim, os principais vetores viários do município, a BR-101, a RJ-106 (Rodovia Amaral Peixoto) e a RJ-168 (Rodovia do Petróleo), passarão a ser integrados, solucionando problemas crônicos de logística de Macaé, como o intenso tráfego de caminhões pesados no perímetro urbano.