PRIMEIRA FASE DA CAMPANHA NACIONAL CONTRA A FEBRE AFTOSA TERÁ INÍCIO NA 2ª

Campanha Nacional da Vacinação Contra a Febre 

Aftosa terá início nesta segunda-feira (4) e em duas

 etapas. A primeira será em maio, quando são

 vacinados os bovinos e bubalinos com até 24 meses. 

Já segunda será em novembro, quando todo o rebanho

 deve ser imunizado. O produtor rural que não comunicar 

ou não vacinar pode pagar multa que varia de R$ 60

 a R$ 100 por animal.


Mas a multa não é o maior prejuízo para o agricultor. A febre aftosa prejudica muito o rebanho. A doença é causada por um vírus que não tem cura. Todos os animais que são infectados têm que ser sacrificados e enterrados na propriedade. Há 19 anos o estado não registra casos da doença.

Criadores têm até 30 de novembro para imunizar os rebanhos (Foto: Reprodução / TV TEM)Criadores têm duas etapas para imunizar
os rebanhos (Foto: Reprodução / TV TEM)

Quando os animais estão doentes, eles apresentam feridas, salivam em excesso, não comem e não bebem água. Muitos também andam com dificuldade, se isolam dos outros animais e, no caso das vacas leiteiras, pode haver diminuição rápida na produção de leite.

Para ajudar quem quer se ver livre da multa e garantir a saúde dos animais, há estoques cheios nas lojas agropecuárias