Policiais civis voltam a fazer paralisação de advertência no MARANHÃO.

Policiais civis iniciaram na segunda-feira (13) a terceira paralisação de advertência deste ano, em São Luís. O movimento,segundo Sindicato dos Policias Civis do Maranhão (Sinpol), é por melhorias nas gratificações e vencimentos da categoria. A informação foi publicada no jornal "O Estado do Maranhão".De acordo com o sindicato, a primeira paralisação de advertência aconteceu no dia 18 de setembro e, a segunda, no dia
24 de setembro. O movimento tem adesão de 70% da categoria.

O sindicato informou que foi decidido, em assembleia geral, que a advertência segue até esta sexta-feira (17). Durante os dias de paralisação, os policiais civis se reunem em frente à Delegacia da Beira-Mar e, no fim da tarde, realizam assembleia para definir os próximos passos do movimento.

Segundo o jornal, o comando da greve se reuniu com a procuradora geral do Estado Helena Maria Cavalcanti Haickel e, durante o encontro, os policiais civis foram informados que a "gratificação de natureza técnica" será implantada até o dia 30 de outubro deste ano, com 222% sobre o vencimento da época antes do subsídio, que era de R$ 303,00, porém o valor sofrerá correção.
Serão beneficiados os policiais civis que possuem a formação de nível superior e os aposentados que concluíram o nível superior antes da aposentadoria.


Fonte: G1 - 15/10/2014