Polícia Rodoviária de São Paulo apreende 339 kg de maconha em caminhão que transportava açúcar

Postado dia 21/1/2015 | Tags:drogas, maconha, polícia rodoviária, Rosana, São Paulo, SP-079  

 

Em ação de fiscalização na SP-079, na região do Rosana, a Polícia Militar Rodoviária de São Paulo abordou um caminhoneiro e na fiscalização de rotina flagrou 339 kg de droga na cabine. Ele alegou que receberia R$ 3.000,00 para levar a droga de Dourados (MS) até Assis (SP). O envolvimento de caminhoneiros com traficantes vem aumentando, conforme relata o estudo do SOS Estradas: “As Drogas e os Motoristas Profissionais” . Veja o relato da Polícia Rodoviária de São Paulo.

“O Comando de Polícia Militar Rodoviária, por meio da equipe da 2ª Companhia do 2º Batalhão de Polícia Militar Rodoviária, Durante o desenvolvimento de Ações Fiscalizadoras de combate ao narcotráfico e demais ilícitos penais, a Equipe Comando “A”, realizado na SPA-079/613 Rodovia Sem Denominação, Km 002,000 – Sentido Sul, município de Rosana/SP, em 19 de janeiro de 2015, às 15h30min, abordaram o veículo, Volvo/FH 12 380, cor branca, ano 2000, placas de Dourados/MS que tracionava o Semirreboque SR/Librelato, ano 2013, cor preta, placa de Corumbá/MS, o qual transportava carga de 31.500 Kg (Trinta e um mil e quinhentos quilos) açúcar a granel, sob nota fiscal nº 25425, da Empresa Transvale Transportes Rodoviários Vale do Piqueri Ltda, e durante a fiscalização dos documentos de porte obrigatório, os policiais perceberam que o condutor do veículo apresentou nervosismo incomum diante da abordagem, fato que motivou a revista minuciosa da cabine do caminhão, culminando com a localização de 389 tabletes de maconha, distribuídos em 05 (cinco) bolsas grandes que estavam sobre a cama da boleia do caminhão, que após pesados perfizeram um total de 339,500 Kg (Trezentos e trinta e nove quilos e quinhentos gramas) da droga. Questionado o autor, esse assumiu a propriedade do entorpecente alegando que adquiriu a droga na cidade de Dourados/MS e levaria até a Cidade de Assis/SP, recebendo para isso a quantia de R$ 3.000,00 (Três Mil Reais) pelo transporte, Diante dos fatos foi dada voz de prisão em flagrante delito pelo crime de Tráfico de Droga e ciência de seus direitos constitucionais.

A ocorrência foi apresentada na Delegacia de Polícia Civil de Rosana/SP, onde o Delegado de plantão,  ratificou a voz de prisão em flagrante delito pelo crime de tráfico de drogas elaborando também o recibo de entrega de preso e o Auto de Exibição e apreensão da droga, autor foi encaminhado para Cadeia Publica de Presidente Venceslau/SP.”

Os Policiais Militares Rodoviários pedem a ajuda da população fornecendo informações a respeito de irregularidades por meio dos telefones 190, Disque PM – 0800 0555 190 ou Disque Denúncia – 181, além do serviço Fale Conosco disponibilizado no site: www.policiamilitar.sp.gov.br.