Para A referência do ano fiscal de 2017, a Previdência Social publicou a Tabela de contribuições do INSS 2017, confira abaixo os valores de contribuição oficial:

Para A referência do ano fiscal de 2017, a Previdência Social publicou a Tabela de contribuições do INSS 2017, confira abaixo os valores de contribuição oficial:

Imagem relacionada

Tabela INSS 2017 para empregado segurado, empregado doméstico e trabalhador autônomo.

SALÁRIO DE CONTRIBUIÇÃO (R$)

ALÍQUOTA PARA FINS DE RECOLHIMENTO AO INSS

até 1.659,38

Caixa de texto: R$132,758%

de 1.659,39 até 2.765,66

Caixa de texto: R$248,919%

de 2.765,67 até 5.531,31

Caixa de texto: R$608,44

11%

Confira abaixo a tabela 2017 de contribuição do Contribuinte Individual ou Facultativo:

Tabela INSS 2017 para Contribuinte Individual e Facultativo


SALÁRIO DE CONTRIBUIÇÃO (R$)      Alíquota     VALOR
   
R$ 937,00 -5% (não dá direito a Aposentadoria por Tempo de Contribuição e Certidão de Tempo de Contribuição)* -R$ 46,85
R$ 937,00 -11% (não dá direito a Aposentadoria por Tempo de Contribuição e Certidão de Tempo de Contribuição)** -R$ 103,07
R$ 937,00 até R$ 5.531,31  -20%- Entre R$ 187,40 (salário mínimo) e R$ 1.106,26 (teto)

 

     
     
     
   

*Alíquota exclusiva do Microempreendedor Individual e do Facultativo Baixa Renda;
**Alíquota exclusiva do Plano Simplificado de Previdência;
As tabelas acima começaram a valer a partir de 1º de janeiro de 2017.

A tabela de alíquotas de contribuição INSS 2017 atualizada pode ser conferida diretamente no portal da Previdência Social clicando neste link: http://www.previdencia.gov.br/servicos-ao-cidadao/todos-os-servicos/gps/tabela-contribuicao-mensal/

É de suma importância que todos os trabalhadores estejam cientes das variáveis no cálculo das alíquotas, de acordo com a natureza dos serviços prestados e registros em carteira. A CLT, Consolidação das Leis Trabalhistas foi atualizada para incorporar novas categorias de atividades. Confira sempre as atualizações e os valores correspondentes aos descontos por atividade. Quando o trabalhador conhece seus direitos fica mais fácil assegurar que os descontos estão corretos em relação a cada atividade e a natureza da função registrada na carteira de trabalho.

Imagem relacionada

A Legislação Brasileira concede o direito ao trabalhador de conhecer exatamente o destino dos recursos recolhidos pelas contribuições do INSS 2017. Todos os trabalhadores têm acesso aos relatórios fiscais do INSS, que é o órgão responsável pelo recolhimento das deduções que financiam as aposentadorias dos trabalhadores no tempo hábil. Além das deduções do INSS, o empregado tem também acesso ao 13º Salário, Custos de Reabilitação Profissional, Pensão por Morte e Invalidez, Salário Família, Aposentadoria por Tempo de Serviço ou Invalidez Permanente, Salário Maternidade, Auxílio Doença e Auxílio Acidente, além de outros benefícios sociais que são disponibilizados pela Previdência Social.

Tabela INSS 2017 para beneficiários

O INSS disponibiliza uma tabela diferente para os beneficiários. No ano de 2017 o INSS divulgou uma tabela que difere de todas as apresentadas, pois está voltada somente aos beneficiários, com datas de pagamentos específicas.  A tabela é dividida em duas partes: A tabela INSS para benefícios de até 1 salário mínimo, e a tabela para benefícios acima de 1 salário mínimo, conforme abaixo:

O salário mínimo para 2017 e as alíquotas de contribuição do INSS

Os valores das alíquotas do INSS não são fixos e representam uma percentagem do salário base de referência para a contribuição dos trabalhadores. Sempre que o salario mínimo é reajustado, existe também um ajuste de valores da contribuição do INSS, proporcional ao aumento do salário mínimo base de referência da União.

O INSS emite um carnê de contribuições aos trabalhadores autônomos individuais e aos facultativos que são sempre baseadas nos mês anterior de salário. Os ajustes anuais das contribuições estão sempre um mês à frente dos ajustes do salário mínimo. As contribuições de Janeiro, apesar do novo salário mínimo, ainda são baseadas no valor de referência do salário mínimo do ano anterior, ou seja, do mês de Dezembro passado.

Tabela INSS ano 2017 – Nova e Atualizada

A divulgação da Tabela do INSS para o ano de 2017 é feita com a substância de um decreto de lei. Através da Portaria MF 8/2017 foram estabelecidos os valores de desconto de contribuição previdenciária como previsto na Tabela do INSS para o ano de 2017. O site www.mtps.gov.br disponibiliza, além da tabela, maiores informações e mudanças na tabela atual de 2017. Vale sempre a pena conferir as mudanças para ficar atualizado com as políticas do Governo Federal.

A nova tabela entra em vigor no início do ano, contudo, até que o decreto lei não seja publicado através de Portaria, os cálculos podem ser feitos com referência à tabela do ano anterior. Os cálculos usam como referência o salário do ano anterior até que os novos valores entrem em vigor oficialmente.