Palestrante Rubens Cahin que brilhantemente divulgou informações referente a Reorganização do DER.

 Palestrante Rubens Cahin  que brilhantemente divulgou informações referente a Reorganização do DER.

Primeira Assembleia geral de 2017 com a nova Gestão.

Data 18 de abril de 2017

Local: Rua Silveira Martins , 53- Praça da Sé – São Paulo

APRESENTAÇÃO DA NOVA DIRETORIA

 

Abertura da Assembleia pelo Presidente sindical Claudinei Aparecido Manea, apresentando o Palestrante Rubens Cahin  que brilhantemente divulgou informações referente a Reorganização do DER.

O Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de São Paulo por si só em poucos anos vai morrer. Estamos lutando pela  reorganização do órgão.

Uma equipe preparada (Comissão  Reorganização Institucional – CRI) esteve empenhada desde 2016 quando todo processo de Reorganização do DER retornou com o prazo de 90 dias para revisar.

Dentro do prazo dos noventa dias foi revisado e reenviado para o governo, estamos aguardamos o desenrolar dos tramites existentes, esperançosos para que seja aceito. 

Toda a palestra foi direcionada para toda categoria que deverá se empenhar para que possamos reorganizar o DER.

 

Através de apresentação com gráficos mostrou o atual DER/SP e sua situação delicada. A necessidade de mudanças e melhorias em seu quadro de servidores, cargos e salarios.

Toda categoria deve estar ciente, e buscar lideres governamentais que possam ajudar nas negociações para que seja concluida mais uma etapa do DER/SP

O presidente Claudinei Manea deu sequência, colocando nos a parte de toda luta do SISDERESP por reivindicação de direitos e melhoria funcional do órgão desde o começo, mostrando passo a passo tudo que o Sindicato SISDERESP buscou e trabalhou para toda categoria.

O adicional de insalubridade ao servidor do DER/SP foi uma luta com fundamento no princípio da dignidade e proteção a integridade do trabalhador. É um direito constitucional que assegura aos servidores do DER que trabalham insalubres, para evitar condições danosas a sua saúde.

Esse adicional não foi só para melhorar salários ,mas uma coerção legal ao DER para que efetuasse melhorias nas condições de trabalho dos servidores que por longos anos exerceram atividades com asfalto e materiais poluentes, sem o fornecimento do equipamento de proteção individual

 

RESUMO -ATA SISDERESP 29 03 2017