Nova regulamentação permite que carros que não passaram pela vistoria em 2013 tirem o documento

Nova regulamentação permite que carros que não passaram pela vistoria em 2013 tirem o documento
30/01/2014 20:18

Veículos sem inspeção podem ser licenciados

TAMIRIS GOMES/ ESPECIAL PARA O DIÁRIO de São Paulo
Os proprietários de automóveis que não conseguiram realizar a inspeção veicular até esta sexta-feira, 31, (último dia do contrato da Controlar com a Prefeitura de São Paulo) podem ficar despreocupados pois terão seus veículos licenciados neste ano. 
 
A permissão, de acordo com o governo municipal, é baseada na portaria de regulamentação que define as novas regras  da inspeção veicular na capital, que deve ser  divulgada ainda nesta sexta. Já está definido que, quando o serviço for restabelecido, algo sem data para acontecer já que a Prefeitura sequer publicou a licitação para contratar as novas empresas,  os veículos “pendentes” terão um prazo para fazer a inspeção. As multas aplicadas até esta semana continuam válidas. 
 
O Detran-SP (Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo) reiterou  que quem pagou o licenciamento neste mês, mas recebeu carta com alerta por não ter feito a inspeção em 2013, deverá  receber o documento no endereço domiciliar ainda em fevereiro. Já o motorista que pagou o licenciamento em dezembro de 2013 (quando o agendamento da inspeção estava disponível) e não conseguiu fazer a vistoria,  deverá comparecer pessoalmente em uma unidade do Detran-SP  e apresentar o comprovante  para ter o documento de 2014. Segundo o prefeito Fernando Haddad  (PT), o serviço retorna em até seis meses. “A previsão  é concluir a licitação  no primeiro semestre e fazer os agendamentos a partir de julho.”
 
Tire suas dúvidas
 
Quantas vezes é preciso fazer a inspeção?
Com a nova regulamentação, veículos com até três anos serão isentos.  Até  nove anos de uso a inspeção é a cada dois anos. 
 
Qual é a taxa?
Só os carros reprovados pagam. A taxa custa R$ 47,43. 

Quando deve ser feita?
A Prefeitura ainda vai divulgar o calendário e outras informações da nova inspeção na capital. 
 
Por que mudou?
A Prefeitura não renovou o contrato da Controlar. Por decisão judicial, a empresa pôde manter o serviço até esta sexta.