Mobilização vale a pena: diretoria do BB recua e adia prazo da reestruturação

 
Gerência Regional de Apoio ao Comércio Exterior - Gecex

Para proporcionar comodidade e segurança à sua Empresa, o Banco do Brasil possui 18 Gerências Regionais de Apoio ao Comércio Exterior (Gecex) localizadas em todas as regiões do País, com o objetivo de disponibilizar serviços especializados de câmbio e comércio exterior.

Entre as operações que podem ser realizadas na Gecex, destacamos: 

 

 

Começamos esta semana com uma paralisação muito vitoriosa das GECEX’s (Gerências Regionais de Apoio ao Comércio Exterior) de todo o país. A grande maioria dos funcionários aderiu, demonstrando sua insatisfação e solidariedade com os colegas que estão sendo prejudicados. 
Como resultado de nossa mobilização, o BB adiou o prazo para a conclusão da reestruturação de 12/12/2014 para 12/01/2015. 

Disseram, ainda, que segunda-feira devem anunciar novas medidas. O BB, que até agora estava intransigente, cedeu um pouco e pode ceder mais. É uma vitória, ainda muito pequena diante de nossas necessidades, mas que demonstra que a mobilização traz resultados e reforça a necessidade de nos mobilizarmos ainda mais.   

Precisamos utilizar este prazo para aprofundar o processo de mobilização com novos atos e paralisações, além de divulgar para os colegas de outros setores do banco a nossa luta contra a reestruturação, buscando uma ampla solidariedade. É necessário também que cobremos do sindicato que tome as medidas cabíveis em todos os campos, seja jurídico, seja político. Eles devem exigir do governo Dilma a suspensão do processo de reestruturação A CONTRAF/CUT tem vários parlamentares da base aliada, que devem fazer pressão sobre o governo para suspender a reestruturação.   

Ao contrário do que costumamos ouvir, fazer alguma coisa para mudar a realidade, embora seja o caminho mais difícil, pode fazer, sim, a diferença. Estamos fazendo o básico: lutando por nossos direitos. E, nessa luta, a contribuição de cada um é muito importante. Contamos com a adesão de vocês nas próximas mobilizações.


Fonte: CSP-Conlutas - 14/11/2014