Linha 15-Prata do monotrilho ligará Ipiranga à Cidade Tiradentes.

 

No governo de Geraldo Alckmin.-Do G1 São Paulo

Primeiras estações da linha devem começar a funcionar em janeiro.

 

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) vai integrar a Linha 15-Prata do Metrô até o Ipiranga, onde haverá integração com a linha 10-Turquesa da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). Segundo Alckmin, a expansão distribuiria melhor a demanda para não haver superlotação na Vila Prudente.

Alckmin visitou nesta sexta as obras da estação Oratório, que deve começar a funcionar em janeiro de 2014.  Também deve estar pronta até lá a estação Vila Prudente, que terá integração com a Linha 2-Verde do Metrô.  O governo de São Paulo espera que em setembro cheguem os primeiros trens e que em outubro comecem os testes.

A Linha 15- Prata prevê a partir de agora as estações Ipiranga (integração com a CPTM), Vila Prudente (integração com a Linha 2 - Verde),  Oratório, São Lucas, Camilo Haddad, Vila Tolstoi, Vila União, Jardim Planalto, Sapopemba, Fazenda da Juta e São Mateus.

O segundo trecho prevê ligação de São Mateus à Cidade Tiradentes, com mais sete estações: Iguatemi, Jequiriçá, Jacu-Pêssego, Érico Semer, Márcio Beck, Cidade Tiradentes e Hospital Cidade Tiradentes.

De acordo com o governo estadual a  Linha 15-Prata completa demanda investimento de R$ 5,5 bilhões. Do Ipiranga até o Hospital Cidade Tiradentes, terá 26,6 km de extensão, 18 estações e dois pátios de estacionamento de trens.

O Metrô de São Paulo, de forma inovadora, está implantando, no município de São Paulo, o sistema do Monotrilho, que atenderá à população da Zona Leste, de Ipiranga a Cidade Tiradentes.

A implantação desse sistema proporcionará novos investimentos econômicos, desenvolvimento social e melhor alternativa de transporte público para a região, pois ligará áreas de alta densidade populacional com importantes polos em que se concentram um grande número de empregos.

O Monotrilho é um sistema de transporte coletivo composto por trens que trafegam com pneus de borracha em via elevada.

O Monotrilho da Linha 15-Prata irá operar com 58 trens, e sua capacidade de transporte é de 1.000 passageiros por trem. Atenderá a 501.260 passageiros por dia, suprindo a demanda regional.

Movido a eletricidade, opera sem condutor e viaja a uma velocidade de até 80km/h, com intervalo entre trens de 90 segundos.

O sistema Monotrilho já opera em diversos países como Alemanha, Austrália, China, Emirados Árabes, Estados Unidos, Inglaterra, Japão, Malásia, Rússia e Singapura.

Ao todo, o Monotrilho da Linha 15-Prata terá 26,6 km de extensão, com 18 estações elevadas instaladas nos canteiros centrais das avenidas.

Os acessos às estações ocorrerão por meio de passarelas, que também servirão de travessia da avenida para pedestres.

Até a conclusão da obra, o Metrô implantará um projeto de paisagismo que inclui arborização sob a via elevada – nas calçadas adjacentes – e integração com áreas verdes do entorno, formando corredores ao longo do percurso. Também serão construídas ciclovias para benefício da população.

O sistema do Monotrilho proporcionará:

  • Mesma qualidade de serviço do Metrô subterrâneo
  • Diminuição da poluição atmosférica
  • Conforto e rapidez nas viagens
  • Menor tempo nos deslocamentos
  • Maior integração entre os bairros
  • Melhoria no trânsito
  • Aumento da mobilidade
  • Ampliação dos investimentos da região
  • Geração de novos empregos
  • Geração de novos polos de comércio e serviços.
Mapa da Linha-15-Prata

 

Empreendimento Monotrilho da Linha 15-Prata

  • Trecho I A: Vila Prudente-Oratório
    Extensão de 2,9km
    2 estações: Vila Prudente / Oratório e Pátio Oratório
  • Trecho I B: Oratório-São Mateus
    Extensão de 10,1km
    8 estações: São Lucas / Camilo Haddad / Vila Tolstoi / Vila União / Jardim Planalto / Sapopemba / Fazenda da Juta / São Mateus
  • Trecho II: São Mateus–Hospital Cidade Tiradentes
    Extensão de 11,5km
    7 estações: Iguatemi / Jequiriçá / Jacu Pêssego / Érico Semmer / Marcio Beck / Cidade Tiradentes / Hospital Cidade Tiradentes e Pátio Ragueb Chohfi
  • Trecho III: Ipiranga-Vila Prudente
    Extensão aproximada de 2,1km
    Estação Ipiranga (integração à Estação Ipiranga da CPTM)

 

DEMANDA PREVISTA DE PASSAGEIROS POR DIA:

Em 2014, Vila Prudente – São Mateus = 309.840 pessoas

Em 2016, Vila Prudente – Hospital C. Tiradentes = 501.260 pessoas

CENTRAL DE RELACIONAMENTO COM A COMUNIDADE

Rua Januário Cicco, 100 – São Lucas
Fone: (11) 3715-1951
Horário de atendimento: de segunda-feira a sexta-feira das 8h às 12h e das 13h às 17h

Para falar com o Metrô
Fones: (11) 3371-7524 ou 3371-7525.