LIMEIRA ALEGA RISCO DE EPIDEMIA DE DENGUE E CANCELA O CARNAVAL DE RUA

LIMEIRA ALEGA RISCO DE EPIDEMIA DE DENGUE E CANCELA O CARNAVAL DE RUA

04/02/2015 16h56 - Atualizado em 04/02/2015 18h49  -

Saúde disse que recursos da festa serão usados para o combate à doença.-

Segundo último balanço da Prefeitura, município está com 635 registros.

 

Do G1 Piracicaba e Região

 
Imagens de drone ajudam na identificação de possíveis focos de dengue em Limeira, SP (Foto: Reprodução EPTV)Imagens de drone ajudam na identificação de  focos
de dengue em Limeira (Foto: Reprodução EPTV)

Com 635 casos de dengue, de acordo com o último balanço divulgado na terça-feira (3), Limeira (SP) decidiu cancelar o carnaval de rua da cidade. Segundo a administração municipal, o motivo da mudança é evitar aglomeração de pessoas, durante os cinco dias de festa, para que não haja aumento de pacientes infectados. A Secretaria de Saúde do município afirmou que pretende decretar estado de emergência ainda nesta semana e o Prefeitura já admite a proximidade de uma epidemia - quando atingir 900 registros da doença.

Ainda segundo a administração, todas as atividades de carnaval que seriam feitas em local aberto foram canceladas. Os únicos eventos que serão mantidos são: o Baile da Terceira da Idade, no Limeira Clube, e três desfiles em shoppings do município. Entre as programações que foram canceladas, estão quatro matinês que seriam realizadas em quatro bairros da cidade com desfiles de escolas de samba, blocos e apresentações de bandas, entre os dias 14 e 17 de fevereiro.

O secretário de Saúde, Luiz Antônio da Silva, afirmou que seriam destinados R$ 120 mil ao carnaval da cidade, para aluguel de lonas e equipamentos de som, e que agora esse recurso será usado para ações de combate à dengue. Nesta quarta-feira (4), um decreto publicado no Diário Oficial cita a criação de um grupo de gestão de combate a doença, que será composto composto pelos secretários municipais, Centro de Controle de Zoonoses, Vigilância Epidemiológica e Divisão de Urgência e Emergência da Secretaria de Saúde.

Limeira é a quarta cidade da região a cancelar o carnaval da rua. Antes, Cordeirópolis (SP) e Nova Odessa (SP) desistiram da festa por conta da falta d'água e Santa Bábrara d'Oeste (SP) justificou o cancelamento por "razões econômicas".

Comércio
O Sindicato do Comércio Varejista de Limeira (Sicomércio) afirmou ao G1 que concorda com a decisão da Prefeitura e que as lojistas do município não serão prejudicados com o cancelamento da festa porque o comércio já não ia abrir na terça-feira de carnaval e na quarta-feira de cinzas.

Ações
Além do grupo de gestão, a Prefeitura começou a usar um drone para fazer imagens aéreas e auxiliar o Centro de Controle de Zoonoses a encontrar criadouros do mosquito Aedes aegypti implantou 13 centros de hidratação nos bairros. No "pacote" de ações emergenciais, constam ainda a contratação e treinamento de 30 novos agentes, além da realização de audiências públicas em diversas regiões da cidade.

Outra mudança anunciada pela Secretaria de Saúde é a coleta de sangue dos casos suspeitos noscentros de saúde dos bairros, o que antes era feito somente na Santa Casa e no Hospital Humanitária.

A Vigilância Epidemiológica do município aguarda o resultado dos exames para confirmar a causa da morte do idoso e da filha, de 33 anos. Foram feitos exames de dengue, leptospirose e febre maculosa, mas não há data específica para que eles fiquem prontos.Emergência
No balanço divulgado na terça-feira (3), o bairro Parque Nossa Senhora das Dores continuou como o recordista de casos, com 69. O número é quase o dobro do registrado no Jardim Piratininga, que aparece em segundo, com 44 confirmações.

Mortes
A Secretaria de Saúde de Limeira (SP) confirmou, no dia 23 de janeiro, a segunda morte por suspeita de dengue neste ano. Um homem de 62 anos que estava internado no Hospital Medical morreu na quinta-feira (22). O idoso havia sido internado uma semana antes, no dia em que a filha dele também morreu com suspeita da doença.

  •  
Ação de combate à dengue em Limeira (Foto: Secretaria de Saúde de Limeira/Divulgação)Ação de combate à dengue percorre todos os bairros de Limeira (Foto: Secretaria de Saúde/Divulgação)