Férias três vezes ao ano?

Férias três vezes ao ano?

DIVISÃO DAS FÉRIAS 

As férias com certeza são um destaque na Reforma Trabalhista. Não é preciso dizer que os dias de descanso são sempre esperados, planejados e estimados por todo trabalhador brasileiro. Agora imagine que você poderá negociar suas férias e dividi-la em três períodos?

Resultado de imagem para Férias

Negociação


A Reforma Trabalhista abre espaço para uma negociação mais flexível das férias. Agora, o trabalhador poderá sair ( não é obrigatório) de férias três vezes ao ano, observando a exigência de que um dos períodos seja superior a 14 dias e os demais tenham no mínimo 5 dias. O trabalhador pode, por exemplo, negociar períodos de recesso que atendam suas necessidades de viagem, tempo para resolver coisas pessoais, etc.
Além disso, trabalhadores em jornada parcial, que antes tinham o direito a férias de no máximo 18 dias, poderão usufruir de 30 dias como já acontece com todos os trabalhadores. Profissionais nessa modalidade também poderão vender ⅓ de suas férias e fazer hora extra, tudo regulamentado e observado pela CLT.
Como a Reforma Trabalhista abre um vasto espaço de diálogo, a nova lei possibilita que empregados negociem feriados que caem no meio da semana possam ser remanejados para segundas ou sextas-feiras, resultando em finais de semana maiores para o
colaborador.
Concluindo, a partir de agora o funcionário poderá contar com a possibilidade de organizar seus dias de descanso para usá-los como bem entender, enquanto o empregador também poderá contar com essa flexibilidade para organizar da melhor maneira seu quadro de funcionários.