EXPOSIÇÕES DE TROVAS NATALINAS EM BAURU

Bauru

No dia 13, também às 19h, a Praça vira pista de dança para o casal Nilza e Pablito, que fazem uma performance de tango, justamente em dezembro que é o mês dessa dança argentina. No dia 14 de dezembro, a Praça recebe os componentes da Banda Sinfônica Municipal às 10h, sob a regência de André de Souza Pinto. Mais tarde, o rapper D’Bronks leva o ritmo do hip hop para o Centro de Bauru a partir das 16h. 

No dia 15 de dezembro, a partir das 10h, o grupo de dança folclórica Pavio de Candieiro se apresenta na Praça. A segunda-feira, dia 16, traz para os transeuntes repertório natalino, às 19h, com as vozes do Coral Viva Encantando, formado por 21 adolescentes entre 12 e 18 anos da Escola Estadual Ayrton Busch, do Jaraguá. E no dia 17, também às 19h, é a vez da Orquestra Sinfônica Municipal, sob a regência de Paulo Marcos Gomes Pereira, levar o espírito natalino em forma de música clássica para a Praça. 

No dia 18 de dezembro, às 19h outro estilo musical promete agradar a todos os públicos na Praça Rui Barbosa: o sertanejo de raiz do Clube da Viola. E a energia contagiante do hip hop está garantida com uma apresentação de street dance pela organização Wise Madness no dia 19, às 19h. 

Para quem quiser mais opções de presentes de Natal, de 20 a 23 de dezembro acontece a tradicional Feira Ubá Especial de Natal, da Associação dos Artesãos, que nos anos anteriores foi realizada na antiga Estação Ferroviária, mas que em 2013 será realizada na praça Rui Barbosa. No dia 20 também acontecem apresentações de street dance, rap, teatro e skate com os integrantes da Wise Madness. O horário de funcionamento dos estandes nos dias 20, 21 e 23, sexta, sábado e segunda será das 10h às 22h, e no dia 22, domingo, será das 10h às 17h. Ao mesmo tempo estará acontecendo a Feira do Livro Espírita, entre os dias 7 e 22 de dezembro na Praça Rui Barbosa, com horário de funcionamento das 11h às 22h, de segunda à sexta, e das 9h às 22h de sábado e domingo. 

Delegacia de Bauru, em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura e a Emdurb, abriu ontem a 21.ª edição da exposição “Trovas Natalinas”.

A abertura contou com apresentações artísticas do Centro de Dança Corpo Livre,

com nove coreografi as de Merene Lobato e Alex Kiton, entre elas sapateado

irlandês, balé clássico, sapateado americano e dança contemporânea.

Até o dia 12 de janeiro de 2015, quem chegar ou partir da cidade poderá ler mensagens

sobre paz, renovação e votos de boas festas espalhadas pela rodoviária.

O Trovadorismo foi um movimento literário de Portugal que, durante a Idade

Média, inaugurou um formato textual: a trova. Essa espécie de poesia cantada tem

um tamanho pequenino, mas sua composição é complexa.

 “Trova é a arte de acomodar o infinito nos limites de um grão de areia”, já

dizia o poeta e trovador WaldirNeto, do Rio de Janeiro.

As trovas vieram para o Brasil junto com as caravelas portuguesas e logo ganharam

o país com suas mensagens de amor e de comédia.