Evo Morales é reeleito para terceiro mandato na Bolívia/2020

Presidente da Bolívia teve 60% dos votos segundo pesquisa de boca de urna e contagem rápida; ele saiu à varanda do Palácio de governo para comemorar perante uma multidão sua vitória eleitoral, que dedicou ao líder cubano Fidel Castro, ao falecido líder venezuelano Hugo Chávez e a todos os governos "anti-imperialistas" do mundo

13 de Outubro de 2014 às 08h35


O presidente da Bolívia, Evo Morales, saiu neste domingo (12) à varanda do Palácio de governo para comemorar perante uma multidão sua vitória eleitoral - segundo pesquisa de boca de urna -, que dedicou ao líder cubano Fidel Castro, ao falecido líder venezuelano Hugo Chávez, e a todos os governos 'anti-imperialistas' do mundo.
Morales e seu vice-presidente, Álvaro García Linera, teriam vencido as eleições com cerca de 60% dos votos, segundo as pesquisas de boca de urna e por contagem rápida divulgada pela imprensa boliviana à noite, à espera dos resultados da apuração oficial.