Em trecho da Constante Peruchi (SP-316), foram retirados os postes de energia estão instalados no meio de rodovia

Em trecho da Constante Peruchi (SP-316), foram retirados os postes de energia estão instalados no meio de rodovia

SP-316: postes serão removidos de rodovia

  Lucas Calore

Em trecho da Constante Peruchi (SP-316), postes de energia estão instalados no meio de rodovia

O andamento das obras de duplicação da Rodovia Constante Peruchi (SP-316), que liga Rio Claro a Santa Gertrudes, está em ritmo acelerado. Uma questão, porém, pode atrapalhar: postes de energia instalados no meio da via, o que pode impedir a passagem de veículos quando o tráfego estiver liberado.

Resoluções

Questionado, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) informou que a responsabilidade pelo remanejamento dos postes citados compete à companhia de energia. “O DER notificou por diversas vezes a empresa de energia, desde o início das obras, para que os equipamentos sejam retirados. O Departamento reitera que tomará as medidas cabíveis para que a empresa cumpra as medidas”, disse em nota.

A reportagem entrou em contato com a concessionária Elektro, que enviou um técnico ao local e garantiu que os postes serão retirados na próxima semana. O motivo da instalação não foi explicado.

Mudanças

Rogério Pascon, prefeito de Santa Gertrudes, afirmou em entrevista ao Grupo JC de Comunicação que algumas mudanças no projeto foram realizadas.

O DER esclareceu que estão sendo estudadas possíveis adequações no projeto inicial em trecho das obras de modernização da SP-316, em decorrência de interferências ocorridas em relação a questões estruturais e desapropriações, como a Estação de Tratamento de Água (ETA) que abastece a cidade de Santa Gertrudes, e à retirada de interferências da faixa de domínio, como redes elétricas, de telefonia e de gás, por parte das concessionárias responsáveis.

O projeto do Governo do Estado de São Paulo prevê a restauração da pista, recapeamento, pavimentação dos acostamentos e duplicação entre Santa Gertrudes e Rio Claro, com investimento de R$52,6 milhões.