DUAS CIDADES DECRETAM EPIDEMIA DE DENGUE NO NOROESTE PAULISTA

03/02/2015 19h44 - Atualizado em 03/02/2015 19h44 

 Neves Paulista (SP) e Tanabi (SP) sofrem com epidemia da doença.

Nesta terça-feira (3), uma quinta pessoa morreu pela doença na região.

 

Do G1 Rio Preto e Araçatuba

Mais duas cidades do noroeste paulista decretaram epidemia de dengue nesta terça-feira (3): Neves Paulista (SP), que confirmou até agora 59 casos, e Tanabi, com 100 doentes. Também nesta terça foi registrado a quinta morte de um morador da região infectado. O paciente era de Rubiácea (SP), e estava internado em Guararapes (SP).

Em Penápolis (SP), que já tem mais de 300 casos em 2015, um mutirão tenta reduzir os focos do mosquito. O arrastão está sendo feito em oito bairros da zona norte que registraram um alto índice de infestação. Ao todo, 40 agentes estão visitando mais de 2 mil casas para orientar e pedir à população  que coloque o material na rua para ser coletado.


Segundo especialistas, o mosquito da dengue evoluiu nos últimos anos e já deposita ovos com larvas infectadas. Antes, o aedes aegypti precisava picar alguém com a doença para depois transmitir para outra pessoa. Hoje, o transmissor já nasce com o vírus e, em 45 dias, um único mosquito pode colocar até 1,5 mil larvas.Cinco caminhões da prefeitura estão recolhendo entulho, galhos e todo material que possa acumular água. No primeiro arrastão há uma semana, foram coletadas mais de  200 toneladas de lixo e as ações devem continuar.

A cidade vive uma epidemia e  decretou estado de emergência na semana passada. Penápolis tem hoje 316 casos positivos de dengue . Outras 209 pessoas aguardam o resultado de exames.

Funcionário faz a nebulização em casa de Guararapes (Foto: Reprodução/ TV TEM)