Dez rodovias do Alto Tietê ficam sem serviço de apoio do DER

Dez rodovias do Alto Tietê ficam sem serviço de apoio do DER

Pelo menos 10 rodovias do Alto Tietê estão sem os serviços das Unidades Básicas de Atendimento (UBAs), do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem (DER).

Resultado de imagem para indio tibiriça

 A suspensão da assistência aconteceu em decorrência do término do contrato da empresa prestadora do serviço de apoio. Em nota, o Departamento adiantou que os envelopes com as propostas para escolha da nova prestadora foram abertos e agora aguarda a conclusão da análise dos recursos para prosseguimento da concorrência e a contratação da terceirizada.

Imagem relacionada

Na região, assim como em todo Estado, foi iniciada em abril do ano passado a concorrência pública para definir os novos prestadores de serviços das UBAs, segundo o DER. O período entre o encerramento dos contratos antigos e o início dos novos se deu devido à necessidade de atender a determinação do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que interrompeu o processo licitatório por um período, em 2016. “Depois de ultrapassada essa fase, foi necessário respeitar todos os prazos e trâmites exigidos pela lei de licitações, principalmente no que tange à análise de pedidos de esclarecimento e de recursos dos concorrentes”, detalha a nota.
Ainda segundo o Departamento, hoje, há um esforço para que viaturas e equipes localizadas em outras rodovias sejam deslocadas para atender as ocorrências onde o contrato da UBA já tenha sido encerrado, enquanto não há definição dos novos prestadores do serviço.

Resultado de imagem para rodovia sp98
Os trabalhos realizados pelas UBAs são terceirizados e responsáveis pela remoção de veículos, desobstrução de pista, inspeção e intervenção no tráfego, resgate e atendimento de primeiros socorros, apoio, combate a incêndios e apreensão de animais. As Unidades Básicas de Atendimento começaram a ser implantadas em 1999 nas rodovias, unindo a operação rodoviária ao Serviço de Atendimento ao Usuário.

Imagem relacionada
Na região 17 quilômetros foram prejudicados, sendo 10 rodovias afetadas, entre elas estradas de Arujá, Biritiba Mirim, Guararema, Mogi das Cruzes, Suzano, Santa Isabel e Salesópolis. Entre as estradas estão a Presidente Dutra (DP-88), a Mogi-Dutra, a Dom Paulo Rolim Loureiro (SP-98), a Mogi-Bertioga, a Índio-Tibiriçá (SP-31).