Conhecendo a Federação Intersindical das Industrias metalúrgicas,Químicas, Elétricas,Farmacêuticas,Celulose,Papel,Gráfica,Imprensa,Energia e Minas

elevadores-fiequimetal-representantes

Fiequimetal/CGTP-IN  - PORTUGAL

Uma forte federação sindical na indústria transformadora

A Fiequimetal (Federação Intersindical das Indústrias Metalúrgicas, Químicas, Eléctricas, Farmacêutica, Celulose, Papel, Gráfica, Imprensa, Energia e Minas) afirma-se como uma organização de classe, que baseia a sua acção em cinco princípios fundamentais: a liberdade, a unidade, a democracia, a independência, a solidariedade e o sindicalismo de massas.

Acompanhando as transformações no tecido industrial e na estrutura e qualidade do emprego e tendo sempre como objectivo a máxima eficácia na resposta aos novos problemas e desafios que são colocados aos trabalhadores, concretizou-se na última década uma reestruturação sindical que fez da Fiequimetal a maior organização sindical da indústria em Portugal.

Em 1999, ocorreu a fusão das federações dos Metalúrgicos e da Química, que deu origem à Fequimetal.

A 18 de Maio de 2007, da fusão da Fequimetal com a Federação das Indústrias Eléctricas, nasceu a Fiequimetal (Federação Intersindical das Indústrias Metalúrgica, Química, Farmacêutica, Eléctrica, Energia e Minas), que realizou a 30 de Novembro de 2007 o seu 1.º Congresso.

Em Outubro de 2010, o âmbito da Fiequimetal foi alargado, depois de o Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias de Celulose, Papel, Gráfica e Imprensa ter decidido juntar-se, por fusão, aos quatro SITE - sindicatos que, por seu turno, resultaram da fusão, em Maio de 2010, de oito dos sindicatos filiados na Fiequimetal: Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Metalúrgicas e Metalomecânicas do Distrito de Braga; Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Metalúrgicas e Metalomecânicas do Norte; Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Metalúrgicas e Metalomecânicas dos Distritos de Aveiro, Viseu, Guarda e Coimbra; Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Metalúrgicas e Metalomecânicas dos Distritos de Lisboa, Leiria, Santarém e Castelo Branco; Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Metalúrgicas e Metalomecânicas do Sul; Sinorquifa - Sindicato dos Trabalhadores da Química, Farmacêutica, Petróleo e Gás do Norte; Sinquifa - Sindicato dos Trabalhadores da Química, Farmacêutica, Petróleo e Gás do Centro, Sul e Ilhas; STIENC - Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Eléctricas do Norte e Centro.

A 21 de Outubro de 2011, realizou-se o 2.º Congresso, que aprovou o Programa de Acção e elegeu a Direcção Nacional para o mandato até 2015.

Conhecendo a Federação Intersindical das Industrias metalúrgicas,Químicas, Elétricas,Farmacêuticas,Celulose,Papel,Gráfica,Imprensa,Energia e Minas

Reunidos na sede da Fiequimetal, os representantes dos trabalhadores associados nos sindicatos da federação aprovaram uma resolução, onde foram incluídas as principais decisões:

1. Intensificar a acção reivindicativa, pela melhoria das condições de trabalho e o aumento dos salários, tendo presente a exigência de uma melhor distribuição da riqueza produzida;

2. Lutar pela defesa dos direitos da Contratação Colectiva, incluindo os que resultam dos usos e costumes em cada empresa;

3. Lutar pela uniformização de procedimentos nas diversas empresas, tendo em vista o nivelamento por cima, designadamente no que toca a condições de salubridade, regulamentos de disponibilidade, pagamento de pequenas deslocações, subsídios de risco, medidas de prevenção dos acidentes e doenças profissionais, diminuição da carga de trabalho e uso (posto em causa) de viaturas que são também ferramentas de trabalho;

4. Valorizar o facto de os sindicatos da Fiequimetal disporem de representantes dos trabalhadores na generalidade das empresas, sejam delegados sindicais ou representantes para a Segurança e Saúde no Trabalho;

5. Aumentar a sindicalização em cada empresa;

6. Contribuir para eleger delegados sindicais e representantes para SST, nas empresas onde não existem;

7. Elaborar uma carta reivindicativa com as matérias comuns, unificadoras dos trabalhadores das diversas empresas.

 

 

Decisões nos elevadores      
elevadores-fiequimetalAs comissões sindicais das empresas do sub-sector de elevadores –  Thyssenkrupp, Otis, Orona e Enor – tomaram ontem importantes decisões para que se possa responder à degradação das condições de vida e de trabalho, à intensificação dos ritmos de trabalho e ao agravamento dos problemas individuais e colectivos dos trabalhadores.
2.7.2014