CONE

 

OBJETIVO

Esta especificação tem por objetivo estabelecer as características e condições mínimas para o fornecimento e implantação de balizador de solo, em obras rodoviárias sob a jurisdição do Departamento de Estradas e Rodagem de São Paulo – DER/SP.

 DEFINIÇÃO

 O balizador é um dispositivo de controle de tráfego, auxiliar à sinalização que deve funcionar em conjunto com as marcas viárias, auxiliando a percepção visual dos condutores.

 MATERIAL

É constituído por uma só peça, devendo ter uma superfície plana para aplicação do elemento refletivo..

O material do corpo:

  •  - deve possuir flexibilidade tal que, quando sob impacto do tráfego for solicitado a dobrar a 90º, não apresente ruptura e volte a posição inicial por si mesmo, sem apresentar deformações permanentes;
  • - não deve apresentar deformações ocasionadas por possíveis variações de temperatura ambiente.

A superfície do suporte deve ser lisa e homogênea e não deve apresentar quaisquer defeitos tais como:

  •  trincas,
  •  ranhuras,
  •  saliências, 
  • entrâncias.

Elemento Refletivo

O elemento refletivo deve ser de película refletiva tipo II, nas cores, branca, amarela, conforme especificação de projeto de sinalização do DER/SP.

 EQUIPAMENTOS

Equipamentos mínimos utilizados para a implantação de balizadores de solo:

  • - veículo tipo pick-up ou utilitário, com motorista;
  • - ferramentas manuais diversas;
  •  - equipamentos de sinalização de obras.

 EXECUÇÃO

 A execução dos serviços deve obedecer às seguintes etapas:

 a) sinalizar adequadamente o local da realização dos serviços, de acordo com as normas de sinalização de obras do DER/SP

 b) posicionar os balizadores de acordo com o projeto de sinalização do DER/SP;

 c) nivelar os balizadores acompanhando o greide da rodovia;

 d) fixar perfeitamente os balizadores ao solo.

CONTROLE

O fornecedor ou fabricante dos balizadores deve ser responsável pela realização dos ensaios e testes que comprovem o cumprimento das premissas desta especificação.

Os materiais empregados nos balizadores devem ser analisados e terem sua qualidade comprovada em laboratório credenciado.

A contratante deve ainda, verificar:

 a) visualmente as condições de acabamento;

 b) se os espaçamentos entre os elementos e a colocação atende ao projeto de sinalização.

 ACEITAÇÃO

Os serviços são aceitos e passíveis de medição desde que atendam simultaneamente as exigências de materiais, execução e garantias, estabelecidas nesta especificação e discriminadas as seguir:

Materiais

Os critérios de aceitação dos materiais devem ser os previstos nas normas técnicas correspondentes.

Todo o material fornecido deve ser submetido previamente à inspeção visual pelo DER/SP, cabendo a este o direito de recusar os que apresentarem qualquer defeito ou que não estiverem de acordo com o especificado.

 Execução

Os serviços são aceitos desde que as condições de acabamento sejam satisfatórias e o espa çamento entre os balizadores não apresentem divergência maior que 5% em relação ao definido em projeto.

 Garantias

O material fornecido e implantado deve ser garantido contra:

  • - perda acentuada de retro-refletividade ao longo da sua vida útil;
  • - quebras por 3 (três) anos, sob condições normais de instalação e uso;
  • - soltura por 3 (três) anos, excetuando-se os casos decorrentes de deterioração, ruptura ou arrancamento do pavimento.

 Na ocorrência de quaisquer dos defeitos anteriormente apresentados, os balizadores defeituosos devem ser repostos pelos fornecedores, sem qualquer ônus ao DER/SP.

A fiscalização deve fazer a solicitação por escrito e ser atendida dentro do prazo.

 CRITÉRIOS DE MEDIÇÃO E PAGAMENTO 

Os serviços devem ser medidos por unidade de balizadores efetivamente aplicados e atestados pela fiscalização.

 Os serviços recebidos e medidos da forma descrita são pagos conforme o respectivo preço unitário contratual, no qual está incluso: fornecimento de materiais, perdas, transporte, mão de obra com encargos sociais, BDI, equipamentos necessários aos serviços e outros recursos utilizados pela executante.