Compensação da greve é de no máximo 1 hora ao dia

Empregados da Caixa Federal devem denunciar caso acordo seja desrespeitado em seus locais de trabalho

São Paulo – Após a assinatura do acordo aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) com a Caixa Federal em 13 de outubro, algumas informações desencontradas passaram a circular entre os empregados em relação à compensação das horas da greve.

O Sindicato reforça o que o acordo estabelece, para todos os bancos: os sete dias de greve não podem ser descontados; quem tem jornada de seis horas compensará até uma hora por dia até 31 de outubro; aos que trabalham oito horas a compensação é de até uma hora por dia até 7 de novembro.

No caso de o empregado realizar duas horas além de seu expediente, uma vai para a compensação da greve e a outra é computada como extraordinária.

“O acordo coletivo está acima de qualquer orientação de gestores. Caso ocorra alguma irregularidade, os trabalhadores devem denunciar”, afirma o diretor do Sindicato e integrante da Comissão Executiva dos Empregados (CEE), Dionísio Reis.


Jair Rosa – 20/10/2014

- See more at: http://www.spbancarios.com.br/Noticias.aspx?id=9309#sthash.IAGToxie.dpuf