Comerciários do RS discutem a garantia dos direitos trabalhistas em reunião estadual

Comerciários do RS discutem a garantia dos direitos trabalhistas em reunião estadual
Crédito: Fetracos/RS

Na manhã do dia 10, os dirigentes da Fetracos-RS realizaram a reunião estadual, na sede da Força Sindical-RS, a fim de discutir a pauta da federação e o processo que tramita sobre o salário mínimo regional.


Os sindicalistas também avaliaram a mobilização do dia 28 de janeiro, denominado “Dia Nacional de Lutas”, ocorrido em frente à sede da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE/RS).


“Temos que cobrar é que também ocorra com relação à parte de cima da cadeia, com relação aos escândalos da Petrobrás. As medidas provisórias 664 e 665 retiram os direitos e deixam os trabalhadores muito fragilizados”, comentou o presidente em exercício, Dionísio Mazui.


Outros eventos importantes que terão a adesão dos dirigentes foi o ato unitário das centrais no dia 26 de fevereiro, em São Paulo, e o Fórum Unificado de Comerciários do Brasil, que está previsto para os dias 8 e 9 de abril, também na capital paulista.


O tesoureiro da federação, Valdir Lima, destacou a importância dos sindicalistas participarem da semana de prevenção às Lesões por Esforços Repetitivos (LER) e os Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (Dort). As atividades irão acontecer dias 2 e 3 de março de 2015, na Fundação de Recursos Humanos.


A oportunidade também foi para ajustar o campo administrativo e estrutural da federação. Outro destaque do presidente em exercício, Dionísio Mazui, foi a portaria 386 do Ministério do Trabalho. O sindicalista afirmou que estão sendo observados todos os aspectos formais. A próxima reunião da Fetracos ficou definida para o dia 10 de março, na sede da Força Sindical-RS.



Fonte: Assessoria de Imprensa da Fetracos/RS - 12/02/2015