CATANDUVA CONFIRMA NOVOS NÚMEROS DE CASOS DA DENGUE

03/02/2015 12h05 - Atualizado em 03/02/2015 15h23

População tem sido ágil na divulgação das ações de alerta e combate.
Ação de combate foi solicitada em conjunto durante reunião na OAB.

 

Do G1 Rio Preto e Araçatuba

Catanduva (SP) confirmou novos números da dengue: mais 248 pessoas com a doença foram confirmadas. Com esses resultados, sobe para mais de 800 os casos positivos desde o início do ano. Um aposentado morreu na semana passada e há ainda a suspeita de uma segunda morte na cidade. Penápolis (SP) também vive uma epidemia, são 209 casos confirmados e nesta segunda-feira (2) começou um mutirão contra o mosquito.

Em Guararapes (SP), três pessoas morreram e mais de 700 ficaram doentes. A prefeitura anunciou uma série de medidas para controlar o avanço da dengue, entre elas, a contratação de mais três médicos que irão atuar nos Centros de Saúde de Guararapes, além de 23 funcionários que atuam na limpeza da cidade e nas vistorias das casas.

De acordo com o prefeito de Guararapes, Edenilson de Almeida, as medidas são tomadas para que as equipes se reúnam tecnicamente para tomar as decisões. “Tomamos diversas medidas para o controle, fomos solicitados à fazer uma limpeza geral na cidade para dizimar os focos do mosquito das residências e pontos da cidade.


Além dos moradores e agentes de saúde, outros Catanduva confirma novos números de casos da dengue. “convocamos uma reunião em conjunto com a Ordem dos Advogados do Brasil e pedimos que líderes do município liderem situações que possam ajudar na divulgação para a população, professores também foram orientados a esclarecer aos alunos sobre os temas. Tudo isso gera uma ação em conjunto”, afirma o prefeito.A nebulização fará parte do equilíbrio e controle ao mosquito, na questão do atendimento, a Santa Casa está com mais médicos e os funcionários estão dobrando o turno, melhorando o atendimento. Ainda segundo o prefeito de Guararapes, a população tem colaborado de forma rápida com as ações de combate e isso acaba sendo um ponto positivo da equipe.” A população tem sido agíl no momento em que divulgamos as ações de alerta, moradores tem aberto suas casas e colaborado, isso faz com que o controle volte rapidamente ao normal”, afirma Almeida.