Após demissão de jornalistas, sindicato quer reunião com a diretoria da Rede Brasil Atual

Na última terça-feira (18/11), o Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP) encaminhou um pedido de reunião à direção da Editora Atitude, responsável pela Rede Brasil Atual (RBA). No mesmo dia, quatro jornalistas foram demitidos do portal.

A RBA é composta por uma página na internet, a Revista do Brasil e dois jornais, além de uma rádio online. O grupo independente é mantido por movimentos sindicais, incluindo o SJSP. O grupo confirmou que os jornalistas demitidos foram João Peres, Moriti Neto, Tadeu Breda e Diego Sartorato.

Em nota, o SJSP afirma que solicitou uma reunião de negociação "o mais rápido possível", a fim de viabilizar a elaboração de um novo acordo coletivo de trabalho. Durante assembleia realizada na última segunda (17/11), os jornalistas que trabalham na RBA pediram ao sindicato que intervisse em sua relação de trabalho com a Editora Atitude.

Em reunião anterior, a editora já havia tentado negociar com o sindicato um ajuste salarial, com uma proposta que não atendia as reivindicações dos profissionais. O coletivo Sindicato É Pra Lutar publicou uma nota de repúdio às demissões que, segundo ele, foram realizadas após "ostensivo assédio moral", incluindo retirada de senhas e logins em suas plataformas de trabalho.

Procurado por IMPRENSA, o editor-chefe da RBA, Paulo Donizetti, não foi encontrado para comentar o assunto.



Fonte: Portal Imprensa - 21/11/2014