Alckmin assina retomada da duplicação da SP-304 No momento, o estado geral da rodovia é de total abandono.

Por Da Redação
A expectativa pelo o fim das obras de duplicação é enorme

Crédito: Christiano Diehl Neto

A expectativa pelo o fim das obras de duplicação é enorme

Quarta-feira, 5 de abril de 2017
O governador Geraldo Alckmin (PSDB) assina, nesta quarta-feira (5), às 14h30, no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo (SP), a autorização para a retomada das obras de duplicação da rodovia Geraldo de Barros (SP-304), no trecho entre Piracicaba (distrito de Ártemis) e São Pedro (SP). São 10,8 quilômetros de duplicação, terceiras faixas e outras obras. Os detalhes serão anunciados no ato de assinatura, que contará com as presenças dos prefeitos convidados de Piracicaba, São Pedro e Águas de São Pedro, além de deputados e representantes da sociedade civil da região.
Logo após a assinatura de contrato com a empresa Conter para o término da duplicação, o Departamento Estadual de Estradas de Rodagem (DER) deverá assinar a ordem de serviços e as obras deverão ser retomadas na segunda-feira, dia 10, com prazo de conclusão de um ano.
De acordo com o deputado estadual Roberto Morais (PPS), o reinício das obras era uma das notícias mais aguardas nos últimos dias. Ele lembrou que a empresa Técnica, que executava os serviços, anunciou o distrato com o governo em setembro de 2016 e a publicação oficial foi em fevereiro de 2017, quando foi chamada a Conter, a segunda colocada na licitação. O parlamentar atribui à burocracia a demora no reinício das obras. A Técnica conclui cerca de 50% das obras.
Rodovia da morte
A demora na conclusão das melhorias na rodovia SP-304 geraram muitas reclamações de usuários e vários acidentes, entre eles, com mortes. Nesse período, na tentativa de agilizar o processo, as subseções de Piracicaba e de São Pedro, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) criaram uma Comissão Mista, que questionou junto ao DER o abandono das obras e a sua continuidade.
Na última sexta-feira (31), a Câmara Municipal de São Pedro sediou audiência pública para discutir a atual situação da rodovia Geraldo de Barros e a formação de uma Comissão Intermunicipal para buscar soluções e ações efetivas visando o retorno e conclusão das obras.
Situação
O estado geral da rodovia é de abandono, principalmente no trecho não duplicado, entre o distrito de Ártemis, em Piracicaba, e a estância de Águas de São Pedro. Os motoristas reclamam das condições da pista, cheia de remendos e ondulações, da falta de acostamentos e faixas apagadas.
Campanha
A duplicação da SP-304 foi reivindicada ao governo do Estado por meio de abaixo-assinado, com cerca de 42 mil assinaturas, em campanha liderada pela Gazeta de Piracicaba e Rádio Onda Livre, com apoio de lideranças políticas, Prefeituras, Câmara de Vereadores e outras. A obra foi iniciada em 2014, com investimento inicial de R$ 44,5 milhões. O trecho de duplicação, recuperação de pista, pavimentação do acostamento, melhoria de dispositivos incluem os trechos entre os quilômetros 179 e 189,8.