A Secretaria da Saúde realiza um censo inédito que vai mapear o total de pessoas com hepatite C em todo estado.

Ter, 10/11/15 - 09h51
Tem Hepatite C? Faça seu cadastro e fortaleça as políticas públicas

Site especial cadastra portadores e mantém dados sigilosos

A Secretaria da Saúde realiza um censo inédito que vai mapear o total de pessoas com hepatite C em todo estado. O objetivo é ampliar e fortalecer as políticas de prevenção e tratamento da doença.

 

Para ampliar o alcance, foi criada uma página especial na internet para que os portadores preencham um cadastro on-line. As informações serão mantidas em sigilo e utilizadas especificamente para o levantamento.


O diagnóstico precoce da hepatite C pode prevenir problemas de saúde resultantes da infecção e ajuda a evitar uma possível transmissão do vírus, que ocorre apenas quando há contato com o sangue contaminado.


O vírus pode provocar infecções agudas ou crônicas. Em geral a doença é assintomática e raramente causa riscos, como ocorre nas infecções agudas; no entanto, casos crônicos podem atingir gravemente o fígado.


O teste para detecção da infecção pelo vírus da hepatite C é feito pelo SUS (Sistema Único de Saúde) por meio da rede básica de saúde e/ou serviços referenciados. Ele também é disponibilizado em campanhas especiais da Secretaria, voltadas à abordagem dos grupos de risco como, usuários de drogas injetáveis, filhos de mães infectadas, parceiros de portadores do vírus e pessoas com tatuagens ou piercings.


Desde 2000 foram notificados 68.297 casos de hepatite C no Estado. Total que representa apenas 0,1% da população paulista, segundo o IBGE. Já a Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que cerca de 3% da população mundial seja portadora do vírus.

portal.saude.sp.gov.br
Do Portal do Governo do Estado