A ação começou na última quinta-feira e foi concluída na noite do domingo. Os números foram divulgados ontem pela Polícia Militar Rodoviária (PMRv).

A ação começou na última quinta-feira e foi concluída na noite do domingo. Os números foram divulgados ontem pela Polícia Militar Rodoviária (PMRv).

Acidentes caem 27% nas estradas da região na Operação Páscoa

O número de acidentes registrados nas estradas da região caiu 27,27% durante a Operação Páscoa deste ano em comparação ao mesmo período do ano passado. A ação começou na última quinta-feira e foi concluída na noite do domingo. Os números foram divulgados ontem pela Polícia Militar Rodoviária (PMRv).
Neste ano, seis rodovias da região registraram 24 acidentes (15 sem vítimas e nove envolvendo ferimentos), com 10 vítimas (sete foram leves e três, graves). No ano passado, as vias haviam computado 33 acidentes. Na ocasião, 24 vítimas foram registradas, ou seja, neste caso houve uma redução de 58,33%. Do total de 2016, 21 vítimas leves, duas graves e uma fatal.
Segundo a Polícia Rodoviária, o maior número de acidentes foi computado na Rodovia Ayrton Senna (SP-70) com 15 registros, sendo 12 sem vítimas e três com vítimas. No ano passado, a via também havia tido o maior número de casos, com 15 acidentes.
Além disso, foram computados acidentes na Rodovia Pedro Eroles (SP-88), a Mogi-Dutra, com três casos; na Rodovia Henrique Eroles (a SP-66), com um caso; na Rodovia Índio-Tibiriçá (SP-31), com dois registros, e no Rodoanel Mário Covas (SP-21), com dois acidentes.
A Operação Páscoa foi realizada pela Polícia Rodoviária e também teve o apoio da Secretaria estadual de Logística e Transportes. Em todo o Estado houve redução de 4,7% no número de acidentes.
INFRAÇÕES
Além do número de acidentes, a Polícia Rodoviária divulgou que nas estradas da região (incluindo duas que estão fora do Alto Tietê, a Hélio Smidt e a Dom Pedro I) foram computadas 582 infrações de trânsito.
Entre as mais cometidas pelos motoristas estão a de o condutor ou o passageiro deixar de usar cinto de segurança, com 82 multas aplicadas e ultrapassar pela contramão em local sinalizado com linha dupla amarela. Neste caso, também foram computadas 82 infrações. A multa chega a R$ 1.467 e o motorista leva sete pontos na CNH. A Polícia também divulgou que dez multas foram aplicadas para condução de veículos em mau estado de conservação ou segurança.
Durante a operação, 87 pessoas fizeram o teste do bafômetro, sendo que nove foram autuadas por dirigir sob influência de álcool ou entorpecente, além de nove pessoas que tiveram a CNH recolhida.
MOVIMENTO
Mais de 950 mil carros passaram pelas estradas da região. Os números foram divulgados pela secretaria estadual, pela Ecopistas, responsável pela Ayrton Senna; e pela SPMar, concessionária do Trecho Leste do Rodoanel.
O maior movimento foi computado na SP-70, com 582 mil veículos. Ao todo, 303 mil passaram pela rodovia sentido Rio de Janeiro e 279 mil, sentido São Paulo.
A rodovia que recebeu o segundo maior movimento de veículos foi a Mogi-Dutra, com 187.499 carros, sendo 96.545 veículos na ida e 90.954, na volta.
A Mogi-Bertioga recebeu 65.573 carros e o Trecho Leste do Rodoanel, 115 mil veículos.