A nova locomotiva da Stadler que irá operar na Serra do Mar / SP (Foto: Albert Blum)

22/12/2013 13:26
 
O Cônsul Geral da Suíça em São Paulo Sr. Hans Hauser, o Presidente da MRS Logística Sr. Eduardo Parente, o representante da CEO da Stadler Rail
Sr. Peter Spuhler e o Ministro dos Transportes Sr. Paulo Sérgio Passos, na apresentação da nova locomotiva (Foto: Luiz Carlos Caetano).
zona portuária de Santos.
As locomotivas, fabricadas na Suíça, são chamadas de “cremalheiras” e possuem um sistema especial de engrenagens conectadas a um trilho dentado
e motores, que freiam as composições na descida e alavancam na subida da serra.
Cada locomotiva tem cerca de 18 metros, potência de 5.000 kW e força de tração de 700 kN. Os novos veículos Stadler, de última geração
e configurados para serem os mais potentes já construídos, permitirão aumentar substancialmente a capacidade de movimentação
de cargas no trecho: das atuais 7 milhões de toneladas úteis para 28 milhões de toneladas por ano. Os veículos atenderão a demanda para o trans- São Paulo: Novas Locomotivas Suíças no Estado de São Paulo porte de milho, soja, açúcar e farelo, contêineres e celulose.
A MRS comprou sete locomotivas da Stadler para substituir as antigas Hitachis, fabricadas na década de 70, que operavam no  trecho. O valor do contrato é de R$ 120 milhões. A empresa afirma que os novos veículos podem retirar 2.000 caminhões por dia do sistema Anchieta/Imigrantes, que liga São Paulo ao porto de Santos.